Pular para conteúdo

A Conquista Diária do Amor

A Conquista Diária do Amor

Seja o primeiro!
por agosto 18, 2009 Relacionamento

Perceba, o seu casamento é como uma plantinha frágil num mundo cheio de perigos e tempestades. Ele precisa ser protegido, cuidado, regado e alimentado, senão morre. Há muitas mulheres que querem exigir que os seus marido as ame, as trate como a melhor mulher do mundo. E quando elas percebem que as coisas não estão saindo conforme tinham fantasiado, começam as cobranças do tipo: você não me ama mais; você não me deseja mais; você não é o mesmo…

Tenho que finalizar essa série de artigos te falando algo: Pare de exigir amor! Amor não se exige, se conquista. Não é porque ele é o seu esposo que será obrigado a te amar e te servir para sempre. Você terá que conquistá-lo a cada dia. Lembra quando ele era apenas seu namorado? Você caprichava na aparência, media as palavras que falava, procurava ser uma mulher simpática, fazia de tudo para ser a melhor amiga dele. Sim, volte a se esforçar para conquistá-lo, vamos lá! Não é fácil, eu sei, mas você vai conseguir. Eu tenho certeza!

conquista-diaria-amorE para finalizar, quero te falar sobre uma palavra que é mágica para manter a chama de qualquer casamento: Perdão. Isto mesmo, intimidade traz perdão. A pessoa que está mais próxima de nós é aquela que tem mais possibilidade de nos ferir.

Perdoe seu esposo, perdoe se ele não é aquele homem com quem você se casou, perdoe quando ele falou palavras que te feriram, perdoe se quando você mais precisou ele esteve longe, perdoe se você o viu olhando para outra mulher. Vá além: perdoe se algum dia ele te traiu e se mostra arrependido dessas coisas. Se não consegue sozinha, peça ajuda a Jesus. Tire do seu coração esse amargo, esse azedume, essa desconfiança, esqueça! O perdão é como um bálsamo que traz renovo, pratique o perdão no seu relacionamento e comece a vivenciar a maravilhosa experiência de um casamento abençoado.

Próximo artigo: Cumplicidade

Anterior
Próximo

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios estão marcados *

*